NOTÍCIAS RECENTES

DRA. KAZUE NO PROGRAMA TVCOM TUDO+ DO DIA 11/05/2015

DRA. KAZUE NO PROGRAMA TVCOM TUDO+ DO DIA 11/05/2015

A Dra. Kazue é entrevistada no programa TUDO+ da T...

PROGRAMA OLHARES EXIBIDO NO DIA 06/05/2015 NA BAND TV

PROGRAMA OLHARES EXIBIDO NO DIA 06/05/2015 NA BAND TV

A Dra. Kazue é entrevistada no programa Olhares na...

DUAS MULHERES DE SC CONTAM A LUTA PELO SONHO DE ENGRAVIDAR

DUAS MULHERES DE SC CONTAM A LUTA PELO SONHO DE ENGRAVIDAR

Duas mulheres de sc contam a luta pelo sonho de en...

CASAIS HOMOSSEXUAIS E REPRODUÇÃO ASSISTIDA

CASAIS HOMOSSEXUAIS E REPRODUÇÃO ASSISTIDA

O Conselho Federal de Medicina aprovou no início d...

PRESERVAR A FERTILIDADE PARA O FUTURO - CONGELAMENTO DE ÓVULOS

PRESERVAR A FERTILIDADE PARA O FUTURO - CONGELAMENTO DE ÓVULOS

Adiar a maternidade é uma realidade cada vez mais ...

DEPOIMENTOS

Simplesmente demais! Os profissionais são super competentes, especialistas na área e simpáticos. A clínica é linda, com uma estrutura bem feita e tecnologia de ponta. Super recomendo ;)  Bianca Isabell de Brida

Agradeço a Deus e a toda equipe CLINIFERT, em especial a Dra. Kazue, por realizar o sonho de ser mãe! Minha princesa Sara já está com 1 aninho é uma benção nas nossas vidas! - Simone Werlich Ito 

Dois lindos netos! Obrigado dra Kasue ;) completou nossa felicidade em família!! - Marili Ceccon Kusch Brey 

A Clinica é excelente... os profissionais são maravilhosos... simplesmente Ótimoooooo... - Edilvane Ribeiro Goulart 

Conheci a Clinifert através de indicação, e ao contrário do que muita gente pode falar, "ah é fácil elogiar quando o tratamento da certo". Muito pelo contrário, não conseguimos transferir o embrião, a preocupação com o sonho da maternidade é muito maior do que qualquer outro quesito financeiro, somos realmente tratados como um casal que quer realizar um sonho. Por isso, falo que realmente estamos contente em estarmos com pessoas tão profissionais, éticas e com respeito ao próximo. Mais a frente nos veremos novamente, rumo a realização do grande sonho! Obrigada - Juliana Efting Hardt 

DÚVIDAS

A dificuldade de engravidar é um problema muito freqüente?

Embora, para muitos casais seja a coisa mais natural casarem-se e depois de algum tempo, engravidarem e terem filhos, cerca de 15% dos casais em idade reprodutiva tem alguma dificuldade para engravidar.

Quando procurar o especialista em Infertilidade?

De um modo geral, consideramos o casal com problema de infertilidade, quando não se consegue gravidez após um ano de tentativas regulares.Existem casos especiais em que é aconselhável antecipar esse tempo, por exemplo, quando existe um diagnóstico prévio de algum problema como endometriose, doenças pélvicas inflamatórias, homens com uma contagem de espermatozóides sabidamente baixa e mulheres com idade acima de 35 anos. Quanto mais cedo o problema for identificado e tratado, maiores serão as chances de sucesso. Lembre-se também que o diagnóstico de Infertilidade não significa impossibilidade de ter filhos, apenas um desafio a ser vencido com a ajuda da ciência.

Por onde começar?

É importante uma investigação detalhada através de diversos exames, de maneira dinâmica e objetiva, para que possamos descobrir as causas e garantir o tratamento adequado. Devem ser feitos exames especializados como o espermograma e outros exames que avaliem a anatomia do aparelho reprodutor feminino, a permeabilidade das trompas e o funcionamento dos ovários.

Sou sadio, sempre me cuidei. Por que logo comigo?

A Infertilidade é uma alteração silenciosa, ou seja, que muitas vezes não causa nenhum tipo de desconforto ou dor. Várias das causas de Infertilidade Conjugal, como a endometriose, as obstruções tubárias por inflamação/infecção e a baixa concentração de espermatozóides, por exemplo, permanecem sem se manifestarem clinicamente e, portanto, sem serem descobertas, por anos. Porém, no momento em que o casal tenta engravidar, a Infertilidade frequentemente é a primeira demonstração que o aparelho reprodutor não está bem, apresentando algum tipo de comprometimento estrutural (anatomia alterada) ou funcional (desempenho prejudicado). A maioria dos casais só descobre que, pelo menos um dos cônjuges, tem alteração no momento em que não estão conseguindo engravidar. Isto é mais comum do que se imagina. Sabe-se que 10 a 15% dos casais em idade reprodutiva são acometidos por problemas relacionados à Infertilidade.

Qual a melhor idade para a mulher engravidar?

O ideal é que a mulher consiga engravidar antes dos 35 anos. À medida que os anos passam, há um envelhecimento dos óvulos, com diminuição da quantidade e, principalmente, da qualidade dos mesmos, com redução da sua fertilidade e aumento da taxa de abortamento.

Até que idade uma mulher pode ter filhos?

Enquanto estiver ovulando, a mulher pode ter filhos, porém seu potencial de fertilidade diminui a partir dos 35 anos, devido à diminuição da reserva ovariana (diminuição da quantidade e qualidade de óvulos), podendo aumentar as taxas de abortamentos, devido a alterações cromossômicas nos óvulos, que tem sua qualidade comprometida com o passar do tempo. Atualmente com a utilização de técnicas de reprodução assistida, teoricamente não existe limite de idade para a maternidade.

Quais são causas mais freqüentes de infertilidade na mulher e no homem?

Diversas são as causas de infertilidade na mulher. Podemos citar os distúrbios de ovulação, principalmente que ocorrem em mulheres com ovários policísticos, problemas de obstrução de trompas provocados por processos inflamatórios, endometriose que atua negativamente em diversos segmentos do aparelho reprodutor feminino, miomas uterinos volumosos, aderências intrauterinas.No homem várias doenças alteram o esperma, do ponto de vista de concentração, motilidade e vitalidade ou morfologia. Entre as doenças mais importantes estão as infecções e suas seqüelas (uretrites, orquites, epididimites e prostatites), varicocele, distúrbios imunológicos e genéticos.

O que é endometriose?

Endometriose é o aparecimento de tecido endometrial fora do útero, podendo atingir os ovários, intestino e a parte externa do útero. A endometriose pode provocar dor abdominal, dor durante a relação sexual, alteração urinária ou intestinal cíclica (relacionada à menstruação) e infertilidade.