Notícias/ Nossas Novidades

 

10 COISAS A NÃO FAZER SE TEM PROBLEMAS DE FERTILIDADE

10 COISAS A NÃO FAZER SE TEM PROBLEMAS DE FERTILIDADE

A infertilidade é um processo complicado para qualquer pessoa ou casal mas pode estar a cometer erros que tornam esta situação ainda mais difícil, sem se aperceber.


Rachel Gurevich, especialista em fertilidade do site About.com, fez uma lista de 10 coisas que pode estar a prejudicar a sua vida numa altura tão complicada.

1. Pare de se culpabilizar

Não estar a conseguir engravidar pode ter a ver com uma série de factores. Seja porque demorou muito a decidir ter uma família, seja tem um problema genético, tem de parar de se culpabilizar. Não ajuda nada e só a deprime ainda mais. A maioria dos casos de fertilidade não são previsíveis nem evitáveis, ou seja, não há maneira de saber se podia ter feito algo de diferente para evitar os problemas que está a ter em engravidar.

Concentre-se no que é importante: o que pode efectivamente fazer para ‘combater’ este problema?

2. Não fique à espera de um milagre

Se está há mais de um ano a tentar engravidar (ou há mais de seis meses, se tiver mais de 35 anos), não fique à espera de um milagre e consulte um especialista em fertilidade.

Há muitos problemas de fertilidade que se agravam com o passar do tempo, ou seja, se esperar demasiado, pode ser tarde demais.

Não adie os exames e verifique se tem algum problema de saúde – isto aplica-se a si e ao seu companheiro.

3. Não perca a esperança

O diagnóstico de infertilidade é sempre um choque mas não se deixe abalar. Não se deixe levar por pensamentos como “nunca vou poder ter filhos” ou “vou ser infeliz o resto da vida”.

Claro que é possível que não consiga engravidar mas foque-se no lado positivo da questão. Hoje em dia, a medicina está mais avançada do que nunca e há cada vez mais tratamentos. Consulte o seu médico sobre os procedimentos mais adequados para o seu problema.

Caso se confirme o pior cenário, há outras maneiras de ter um filho. Há centenas de crianças à espera de uma família.

4. Não desista à primeira

Vários casais têm problemas com os seus médicos: ou não querem fazer os testes de fertilidade porque os consideram demasiado novos, ou não querem fazer determinado tratamento porque acreditam que não vai servir de nada.

Se não concorda com o seu especialista, pode sempre recorrer a uma segunda opinião. Consulte outro médico e vejo o que tem para lhe dizer.

5. Não viva a vida de duas em duas semanas

Quando se está a tentar engravidar, as mulheres (e até o casal) vive “duas semanas”: as duas semanas de espera pela ovulação e as duas semanas que tem de esperar até poder fazer o teste de gravidez

Não pode viver em constante ansiedade. Tente abstrair-se (ainda que seja difícil) e tente concentrar-se noutros objectivos.

6. Não baseie o seu amor-próprio na fertilidade

Muitas mulheres que não conseguem engravidar começam a sentir-se deprimidas, envergonhadas e sem auto-estima.

Lembre-se de como era antes de iniciar todo este processo e não deixe que os tratamentos de fertilidade ‘tomem contem’ da sua vida. Não se torna numa pessoa diferente só porque não consegue engravidar.

7. Não olhe para a sua vida sexual como uma máquina de fertilidade defeituosa

As relações sexuais não têm de ser diferentes porque está a tentar engravidar. Antes de começar este processo, olhava para o acto sexual como algo mais profundo do que apenas uma maneira de ficar grávida. Não se esqueça disso e não deixe que aquilo que sentia durante a relação sexual desapareça.

8. Não espere pela família ideal para começar a viver

A sociedade tem uma visão muito limitada no que toca ao conceito de família. Não se limite ao clássico “pai + mãe + filho + filha” e comece a viver a sua vida com o seu companheiro em família, celebrando todas as tradições como se tivesse vários filhos.

9. Não sofra em silêncio

Muitos casais que olham para o problema de fertilidade como algo vergonhoso, acabam por não partilhar as suas inseguranças com ninguém e isso é extremamente negativo para o indivíduo e para o casal. Nessa altura, uma pequeno problema torna-se um monstro desnecessariamente.

Ninguém está a dizer para gritar aos sete ventos mas confidencie os seus receios às pessoas em quem confia e que sabe que vão apoiá-lo. Vai ver que se vai sentir melhor.

10. Não tente enfrentar esta 'aventura' sozinho

Acredite numa coisa: não é a primeira pessoa ou casal que não consegue engravidar e há sistemas de ajuda que o pode apoiar nestas alturas. Ainda que a família e os amigos sejam essenciais, porque não experimenta recorrer a um psicólogo ou a blogs de pessoas que já passaram pelo mesmo?

E lembre-se, o casal tem de se manter unido. Falem um com o outro e partilhem os seus receios.

Fonte: https://sol.sapo.pt/noticia/122977

Deixe uma Resposta