PROCESSAMENTO SEMINAL EM CASAIS SORODISCORDANTES



         Atualmente, 86% das pessoas infectadas pelo vírus HIV estão em idade reprodutiva (entre 15 e 44 anos). Com a evolução da tecnologia, já é possível que tanto homens ou mulheres HIV positivo tenham filhos.

         Quando o portador do vírus é mulher, a solução é realizar a inseminação intra-uterina (IIU), o que elimina a possibilidade de transmissão do vírus ao parceiro. Em relação ao bebê, a evolução até agora também foi grande: uma gestante sem tratamento tem uma taxa de transmissão do vírus para seu feto de 20-25%. Com abordagens avançadas durante a gestação e amamentação este risco de transmissão do vírus reduz para menos de 1%.

         Quando o portador é homem, o procedimento usado é separar espermatozóides do vírus HIV, através de avançadas técnicas laboratoriais, e o uso desses espermatozóides selecionados para inseminação dos óvulos, reduzindo de forma importante a possibilidade de transmissão do vírus à mulher.