Como saber se sou fértil - Clinifert

Como saber se sou fértil?

Você decidiu engravidar, mas a GRAVIDEZ está demorando mais do que o esperado. Então surgem aquelas perguntas: será que tenho algum problema? Como saber se sou fértil?

É normal sentir uma ansiedade nesta hora, mas saiba que é possível verificar se está tudo bem com a sua saúde por meio da realização de consultas e exames.

Saiba, então, como você pode realizar um check up da fertilidade.

É normal demorar para engravidar?

Depois que decide ter filhos, um casal pode sim demorar um pouco até conseguir o esperado positivo. Nesta hora, até a ansiedade é um fator que atrapalha. Mesmo um casal saudável, a partir do momento em que começa a tentar engravidar, pode demorar até um ano para ter êxito quando a idade da mulher é inferior a 35 anos e sem doença prévia do casal. Se a mulher tem entre 36 e 39 anos, deve esperar até 6 meses para procurar ajuda e fazer exames. Se passou dos 40 anos, a procura de um médico especialista para avaliação deve ser imediata.

Como saber se o homem é fértil?

Na consulta com o especialista, é importante que o homem apresente todo o seu histórico clínico. O médico fará perguntas sobre doenças, problemas genéticos na família e hábitos alimentares, entre outras. A partir disso, serão solicitados exames físicos para verificar o funcionamento do organismo.

Será solicitado também inicialmente um espermograma. Este exame é colhido geralmente por meio da masturbação e tem como objetivo verificar as condições e a qualidade dos espermatozoides, ou seja, avaliar se o homem é fértil ou não.

Como saber se a mulher é fértil?

Em relação à mulher, é importante investigar a anatomia, ou seja, se há algum problema no útero, nos ovários ou nas tubas. Outra investigação primordial é sobre os hormônios. Isso porque são eles os responsáveis pela ovulação, e qualquer desequilíbrio pode gerar problemas para engravidar ou até mesmo provocar um aborto. É importante também verificar se o processo de ovulação está com alguma disfunção.

O médico também deve investigar se a mulher tem algum problema no sistema imunológico e se possui doenças que causam infertilidade como endometriose, síndrome dos ovários policísticos, miomas e pólipos e até mesmo algumas DSTs.

Os exames que podem ser necessários para medir a fertilidade feminina são: dosagem hormonal, ultrassom transvaginal, histerossalpingografia e histeroscopia. Também pode ser solicitada uma avaliação genética para analisar os cromossomos.

Outros fatores que prejudicam a fertilidade da mulher

Um fator que pode dificultar a gravidez é a idade. Mulheres a partir dos 35 anos têm menos óvulos e, portanto, podem demorar para engravidar ou não conseguir. Além disso, alguns hábitos de vida também prejudicam a fecundação:

  • Abuso de bebidas alcoólicas e cigarro
  • Estresse e ansiedade
  • Obesidade
  • Dieta rica em gorduras e carboidratos

Quais são os tratamentos possíveis para infertilidade?

Tudo depende dos resultados dos exames. Às vezes, o problema está sendo causado por um distúrbio hormonal, ou pode ser que o motivo seja uma doença crônica que precisa ser tratada. Apenas o médico especialista saberá dizer o que pode estar gerando a infertilidade do casal.

Lembre-se: ao se perguntar se você é fértil ou não, saiba que apenas a consulta médica e os exames podem indicar com certeza se o casal pode ou não ter filhos. Se você tem alguma dúvida sobre esse assunto, agende uma consulta com um de nossos profissionais clicando aqui.

Leia mais: Como é realizado o diagnóstico da infertilidade.

Sobre o autor

Dra. Mila Harada Ribeiro Cerqueira

Ginecologia e Obstetrícia
CRM/SC 15255 | RQE: 7600 | FLORIANÓPOLIS

0 respostas

Deixe seu comentário

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts recentes

Facebook