Tudo sobre doação de óvulos - Clinifert

Tudo que você precisa saber sobre doação de óvulos

Campanhas em todo o mundo tratam sobre a doação de sangue e de órgãos e a importância dessa doação para salvar vidas. Entretanto, além do sangue e de diversos órgãos, uma doação que pode transformar a vida de diversos casais é a doação de óvulos.

Doar óvulos é um ato nobre, altruísta, feito por mulheres jovens, e que torna possível a concretização do sonho de muitos casais, de ser pais.

No Brasil ainda não existe um banco de óvulos. A lei brasileira também não permite compensações econômicas à doadora. Somente pela doação compartilhada de óvulos pode existir o benefício de parte dos custos do tratamento de reprodução humana da doadora ser aportado, de forma anônima, pela receptora de óvulos.

O que é doação de óvulos

A doação de óvulos faz parte do tratamento de fertilização humana, no qual uma mulher doa seus óvulos para que eles sejam fecundados através da reprodução assistida e implantados no útero de outra mulher.

Esta doação permite que mulheres com idade avançada, com falência ovariana, que passaram pelo tratamento de câncer, doenças hereditárias e tantas outras situações possam realizar o sonho da maternidade. Além disso, também beneficia casais homoafetivos masculinos que podem receber óvulos para ser fecundados.

Com a nova resolução o que muda no caso da doação de óvulos?

Em 2017, uma nova resolução do Conselho Federal de Medicina trouxe atualizações à regra de doação de óvulos que ampliam as chances de sucesso na gestação, a chamada “Doação Voluntária”. Isto porque, agora, mulheres saudáveis, com menos de 35 anos, podem ser doadoras voluntárias de óvulos.

A resolução anterior, de 2015, regulamentava que somente a “Doação Compartilhada”, uma mulher em tratamento para engravidar podia, em troca do custeio de parte do serviço, doar metade dos seus óvulos para outra mulher que também estivesse em tratamento.

Doação de óvulos - o que muda com a nova resolucao - Clinifert

Quem pode doar e quem pode se beneficiar da doação de óvulos

A tabela a seguir esclarece os principais requisitos para quem quer doar e para quem quer receber uma doação de óvulos.

Doação de óvulos - quem pode doar e quem pode receber óvulos - Clinifert

Quem doa óvulos pode ter problemas para engravidar no futuro?

Não! A mulher doadora terá as mesmas chances de engravidar que teria se não tivesse doado. Toda mulher nasce com uma quantidade entre um a dois milhões de óvulos. Durante a fase reprodutiva, a cada ciclo normal, vários óvulos iniciam seu crescimento, mas no momento da ovulação apenas um alcança o crescimento necessário para chegar a ovular, o restante é descartado pelo corpo.

No tratamento de estimulação ovariana o que acontece é que vários destes óvulos, e não apenas um, alcançam o tamanho adequado para amadurecer, sem que isso interfira no total de óvulos que serão liberados para as próximas ovulações.

Como é feita a doação de óvulos?

Após se voluntariar para ser doadora de óvulos, a mulher realiza uma série de exames virais e específicos de reserva ovariana. Responde também a um questionário sobre estilo de vida, características pessoais e saúde. Caso o perfil seja compatível com uma receptora, inicia-se uma série de exames para certificar que não existem problemas de saúde e, em seguida, já pode programar o início do tratamento para a coleta dos óvulos.

Para isso, a doadora necessita passar por uma indução da ovulação, com uso de medicamentos que estimulem a produção de mais óvulos em um mesmo ciclo. A estimulação é acompanhada por ultrassonografias seriadas e dosagens hormonais. Os medicamentos são administrados através de injeções que agem diretamente nos folículos dos ovários.

Quando o momento certo para a coleta de óvulos for definido, ocorre a punção ovariana, que é um procedimento que aspira o conteúdo líquido dos ovários que contêm os óvulos. Este procedimento é feito com uma anestesia, sedação. Neste momento, finaliza-se a doação de óvulos.

Fecundação do óvulo doado

Com a doação finalizada, o procedimento de fecundação ainda segue com várias etapas. Os óvulos coletados são analisados e separados para a fertilização. No mesmo dia da punção ovariana ocorre a coleta dos espermatozoides.

Após a coleta, os espermatozoides também são preparados no laboratório e selecionados para fecundar os óvulos doados.

Os óvulos selecionados são fecundados através de técnicas de reprodução assistida como a fertilização in vitro (FIV) e injeção intracitoplasmática de espermatozoides. Depois, os embriões são acompanhados e selecionados para ser transferidos ao útero da mulher.

A quantidade de embriões a ser implantados depende da idade da mulher, seguindo algumas regras da Norma Ética de Reprodução Assistida: 2 embriões para mulheres de até 35 anos, 3 para quem tem até 39 anos e 4 para idade superior.

Após cerca de duas semanas são realizados exames de sangue, para detectar se a paciente está grávida.

Quero ser uma doadora ou receptora de óvulos

Caso você tenha dúvidas ou queira saber mais sobre ser uma doadora de óvulos, ou ainda queira saber o que fazer para receber o óvulo doado, agende uma consulta com um de nossos profissionais. Clique no link correspondente a sua situação.

Sobre o autor

A Clinifert é a primeira e única clínica de reprodução humana, do estado de Santa Catarina, certificada pela Red Latino Americana Reproducción Assistida. Com sede em Florianópolis, atende todo o Sul do Brasil.

10 respostas
    • Clinifert diz:

      Ola Janimari.
      Sim. Se vc preencher o nosso perfil de doadora e precisar de uma fertilização para engravidar, vc tem desconto. Para mais informações favor agendar uma consulta.
      Att equipe clinifert

      Responder
      • Janimari diz:

        A minha pergunta não era bem essa. Quero saber se alguém pode doar em troca de desconto para uma FIV de outra pessoa. No caso, se alguém pode doar os óvulos e eu ter o desconto para a FIV, por exemplo.

        Responder
    • Clinifert diz:

      Ola.
      Sim, seu tratamento para engravidar seria fertilização in vitro, no qual nao precisamos das trompas.
      Vc deseja agendar uma consulta?
      Att equipe clinifert

      Responder

Deixe seu comentário

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts recentes

Facebook